A píntora

Pintora amadora. Sempre gostara de pintar paisagens - natureza morta. Nunca feições humanas. Espantou-se, quando resolveu fazer o seu auto-retrato. Quantos traços, quantas camadas de tinta sobrepostas na tela. Esqueceu-se de olhar no espelho. Não acompanhou o surgimento de cada traço em sua face. Exclamou:
-Estou velha!.


Paulo Francisco

Nenhum comentário: