No meio do caminho


Subindo as escadas ele para e olha para cima e, depois, olha para o chão e num inclinar de ombro, olha para trás. Percebe, então, que já caminhou a metade. Respira... e segue em frente.

Paulo Francisco

Um comentário:

Elenir disse...

Importante é aquilo que se vê e o que se sente ao avançar os degraus.
Bjs