Perdida





A Menina, sempre teve seus desejos realizados. Seus pais não mediam esforços para satisfazê-la. Seu quarto não comportava mais nenhum desejo. Hoje, crescida, dorme sozinha num quarto vazio. Não tem ninguém para realizar os seus caprichos.


Paulo Francisco

Um comentário:

Luma Rosa disse...

Oi, Paulo!
Chegará uma hora que a menina terá que sair do quarto.
Bom fim de semana!!
Beijus,