Elas

Quando ela o percebia em sua íris, seus olhos lhe banhavam com a mais pura das águas. Clarisse, que sempre fora sonhadora, tem cheiro de flor e chora de amor.

Aida tem mais de quarenta, não parece, mas tem. Quando perguntam a sua idade, adora que as pessoas tentem adivinhar, pois tem certeza de que vão errar para baixo pelo menos uns cinco anos. Ontem, Aida correu para o seu médico - alguém chegou muito próximo de sua real/ idade. O que será dela, quando errarem pra mais?

Orgulhosa de ter educados três filhos e todos eles terem seguido uma carreira. Florinda senta em sua cadeira de balanço na sala e sorri ao ver os netos brincando. Florinda pensa: Agora é com vocês, já fiz a minha parte.

Janira recebeu a visita dos filhos que moram em outro país. Ela se esqueceu do mundo. Chorou ao recebê-los, passou a sorrir o tempo inteiro. Janira palpitava de felicidade. Mas, na hora da volta, ela chorou ao vê-los, novamente, partirem. Janira voltou a sua vida de antes: Ela sorri para o mundo e chora silenciosamente todos os dias de saudade.


Paulo Francisco

Nenhum comentário: