Elas

Abigail sempre soube que seria Arquiteta. Passou no primeiro vestibular que fez. Nunca perdera um projeto, mesmo que a margem de lucro fosse diminuída. Seu sucesso dependia, também, dos outros sócios minoritários. Trabalha com mão de ferro. Todos a tratam com certa cautela face o seu temperamento bipolar.
Abigail nunca se casou, já até pensou, mas, ela não sabe como arquitetar um bom plano para esse lar. Tem medo de não conseguir.
Nara era uma menina sapeca. Tornou-se uma adolescente linda e problemática. Não gostava de estudar, mas adorava namorar. Sorria, com os elogios recebidos.  Ela não terminou o ensino médio – não conseguia se concentrar. Hoje, com dezenove anos, trabalha numa confeitaria,  e, de quando em vez, faz uns voos até a Capital para o seu namorado. Nara se transformou num verdadeiro avião.  Todos dizem.
Zara sempre estava pronta para ouvir os amigos. Eles sempre recorriam a ela para as suas lamentações – ela sempre tinha uma palavra de confiança. Zara, todas as noites, ajoelhada em seu quarto, conversa baixinho com quem pode ouvi-la de verdade. Zara carrega consigo uma luz própria. Todos dizem que ela é iluminada.


Paulo Francisco

Nenhum comentário: