Elas

Conceição  era a mais famosa das quatro irmãs. Famosa por ser a única com faculdade, por ter namorado muito e se casado cinco vezes. As outras três vivem a falar que Conceição fez o que elas não conseguiram, exceto por uma coisa, todas têm netos, Conceição, coitada, não. Só esqueceram-se de dizer que é por opção e não por rejeição. Conceição anda por aí, desfilando em seu carro importado com sua nova namorada e feliz.  

Vilma gostava de seus cabelos negros e compridos, passava horas diante do espelho escovando-os.  Certo dia, num lampejo de loucura, cortou-os sem pestanejar.  Hoje, livre, leve e solta, anda por aí, esbanjando sensualidade com seus cabelos curtos e ruivos. Agora o espelho é ela.

Vanessa adorava curtir a noite.  Não, ela não era baladeira. Era sonhadora. Conversava com as estrelas. 

Tiana, abreviatura carinhosa de Sebastiana, ficara acamada por dias. Sozinha no mundo por opção, ela precisou, por necessidade, pedir a sua irmã um prato de sopa, pois estava fraca. Quando recebeu o recado que não teria o que comer, Tiana disse com toda força que ainda lhe restava: ¨ Eu morro de fome, por não ter como fazer, ela, morrerá por ter e não poder comer. ¨ Tiana morreu semanas depois.

Sua irmã morreu mais tarde, bem mais tarde. Não é preciso dizer como.


Paulo Francisco

Nenhum comentário: