Em Garde

Xeque-mate! Não jogo xadrez. Nunca me interessei por esse jogo. Talvez por não gostar de matemática e ser um péssimo estrategista. Mesmo não gostando do tabuleiro, sempre gostei da frase xeque-mate. A frase me chega como uma vitória classuda e para quem a ouve uma decepcionante derrota. É um jogo de cavalheiros e estrategicamente solitário.

Já a palavra touché é fulminante, acaba com o oponente com um golpe certeiro. O touché não tem o mesmo sentido que o xeque-mate. Ele elimina o adversário na sua inabilidade. É uma batalha individual na qual você não pode deixar ser tocado em suas áreas vitais. Caso contrário, será vencido. Sou distraído demais pra este jogo.

Já recebi muitos xeques-mates e muitos touchés por aí.

Quantas vezes a minha estratégia em chegar ao campo do meu oponente foi por água abaixo por um simples equivoco; por uma simples colocação errada de uma frase. Não adianta tentar voltar atrás. Já foi lançada e, o meu contrário, já a agarrou e, sem piedade vai me dizer: ¨Xeque-mate!¨ Quando isto acontece é como ficar sem roupa em plena missa de domingo – não tem desculpas. Perdi. Fui menos inteligente – dureza em aceitar.

Numa batalha vale tudo? Não sei. Mas numa esgrima vale a elegância de cada movimento e você deverá tocar o outro na sua vulnerabilidade. O touché imobiliza o rival sem a possibilidade de um contra-ataque. Touchè! Você acaba de ser tocado. Não tem jeito, ser atingido em áreas vitais impossibilita a reabilitação.

Não me conformei e desafiei para um duelo e não demorei muito pra ser atingido no coração. Não adianta, não sou bom em confronto. Distraio-me com facilidade. Sou um sonhador nato. As minhas guerras e batalhas não têm armas e nem invasão.


Paulo Francisco

Um comentário:

Ivone disse...

Amigo Francisco, que bom ler aqui, consegues prender a atenção e lendo senti, que não gosto de nenhum tipo de jogo, acho que é por eu não aceitar nem Xeque-mate tampouco Touchê!
Acho que se eu tivesse de enfrentar um duelo seria inevitavelmente atingida no coração!
Abraços e um lindo fim de semana meu amigo muito querido!