Questão de gosto



















Sorvete de abacaxi com coco - mistura que me apetece. Tem algumas misturas que são uns achados. Coisa que a gente faz e, mesmo não tendo um visual bonito, tem um sabor ímpar. Quando falo em mistura, não falo somente em sabores e cores, falo também de mistura de gente. Aquela mistura nos bares no fim de tarde, onde se encontram pessoas sedentas por chopes e, numa confraternização alucinada, só se percebe alegria e muitas gargalhadas, é um exemplo – gosto deste jeito carioca de se misturar que encontramos em todos os bares do Brasil.

Já frequentei com mais assiduidade locais que na época não pertenciam a minha geração – adorava madrugadas em serestas e violão. Causava estranheza aqueles senhores e senhoras, vendo uma pessoa tão jovem sentado num balcão, tomando uma cerveja e cantando todas de Assis Valente, Lupicínio e Dolores Duran. Quantas e quantas vezes saí de um show progressivo e caí nas graças de um bar pra ouvir um violão ou um piano e muita bossa nova. Sempre gostei de me misturar. Nunca andei em linha reta.

Hoje, prefiro admirar a fazer parte de confraternização com mais de quatro pessoas – estou mais para jantarzinho, cineminha, teatrinho e aconchego do lar do que qualquer coisa – mas, já tive os meus momentos de tribo; de alucinações grupais e momentos totalmente zen.

Gosto da espuma do mar se misturando em borbulhas efervescentes na areia e os dedos de meus pés curvados para baixo, cavando displicentemente esta areia molhada; gosto da beleza misturada, embolada, de suas pernas nas minhas.

O cheiro de eucalipto tão próximo ao urbanismo é uma mistura que minha cidade tem. A dama da noite que me acompanha em minhas madrugadas, misturando-se aos meus pensamentos, é uma mistura inconfundível. Gosto da mistura de nossos perfumes, o meu seco se adocicando ao dela. Gosto da mistura de gostos que fica em minha boca depois de estarmos juntos.

A mistura de sol e chuva me fascina da mesma forma que sorvete de abacaxi com coco me apetece. Os raios do luar banhando uma taça de morango e seus olhos iluminando os meus, são desejos misturados que me ambicionam.

Paulo Francisco



.

4 comentários:

nelma ladeira disse...

Uma linda mensagem!! Eu adoro morangos.
Paulo:Que a chuva da paz, esperança, felicidade e amor caiam ao seu redor, façam brotar somente a prosperidade de um novo ano.E que nossa amizade continue em 2014 cada dia mais sólida.Obrigada por sua amizade. Boas festas pra você e sua família.
Feliz Ano Novo!!!

Hanna Xesco disse...

Que rico !!
Te deseo un año nuevo lleno de felicidad y paz. Besos

Joaninha Musical disse...

A mim misturas de sol e chuva é o que mais me entusiasma,pois quando isso acontece aparece um lindo arco-iris no ceu!! Gosto muito de sumo de laranja e outros sumos. Já a mistura das pessoas deixa muito a desejar,nem sempre nos podemos dar com as pessoas,muitas delas não são de confiança e eu tenho já exemplos disso. Chega mas é de palavreado,aquilo que eu te desejo são votos de um excelente ano de 2014 que hoje começou. Tudo de bom para ti,muitos beijinhos e fica com deus!!

sandra mayworm disse...

Estava copiando e levando o poema "verbo" lá pro Letras que se Movem, quando decidi dar uma espiadinha...rsrs! O tempo passa, como o tempo passa! Já VOU TE DESEJANDO UM PRÓSPERO 2016. Que seus sonhos possam se tornar realidade e que se não forem tais como você sonhou...que superem as expectativas.
Super, super beijo.