Somente em mim




Talvez eu fale o que já sabes. Talvez eu seja repetitivo. Talvez não valha à pena.  Mas como talvez é acaso, digo: te amo demais.
E na certeza dos meus talvezes, crio em mim a incerteza do óbvio: será que te digo?
Mas se não digo, fica a incerteza como certa. E como não há meio termo para o amor, eu faço do texto, um relato. A declaração da certeza que tenho de ti.


Paulo Francisco

3 comentários:

✿ chica disse...

Lindas palavras em declaração! abração,chica

nelma ladeira disse...

Lindo...É uma bela declaração de amor!!
digo: te amo demais.
Amei Paulo,beijinhos.

Marly de Bastos disse...

Pronto! Mesmo que engasgando na incerteza do certo vc disse tudo e de uma maneira maravilhosa.
bjkas doces