Alívio




Minha mochila anda pesada demais. Sempre carreguei muita coisa em minha bolsa ou mochila. Mas agora ela anda pesada demais da conta. Tem de tudo – o necessário e o desnecessário. Eu já fui mais prático, mas ultimamente, não jogo nada fora, e sempre arrumo um lugarzinho pra guardar mais coisas.

Quantas vezes carregamos mais do que podemos aguentar?. Às vezes, eu acho que levo comigo o não-permitido. Decidi então, diminuir este peso que carrego nas costas há muito tempo.

Não tenho necessidade de carregar tantos sentimentos de uma única vez. Lembranças pesam. Saudades pesam. Arrependimentos pesam. Raiva pesa. E lágrimas retidas pesam e incham o corpo.

Agora, antes de sair, dou sempre uma olhada no que carrego para ver se eu esqueci alguma coisa desnecessária num canto qualquer da bolsa.

O que fiz com as coisas que ali estavam? Bem, estão em outro lugar e a cada momento, vou descartando ou reciclando - quando acho que vale a pena.

As lágrimas, por exemplo, foram todas levadas pela água da ducha quente um dia desses. É ... Chorar no banho não marca a cara e além de expulsá-las, aproveitamos para lavar a alma.

Hoje, eu estou saindo daqui pra comprar uma mochila perfeita para ser carregada nas costas. Ela é bem menor.


Paulo Francisco

Um comentário:

Paula Barros disse...

Ela é bem maior. Espero que seja para carregar mais coisas boas, mais sorrisos, mais amores, mais afetos, mais abraços....

abraço